• A rainha Isabel II em 2003, durante uma visita à Royal Veterinary College
    A rainha Isabel II em 2003, durante uma visita à Royal Veterinary College REUTERS/POOL New
  • 2010, a rainha Isabel II deixa o palácio de Buckingham numa carruagem puxada por cavalos
    2010, a rainha Isabel II deixa o palácio de Buckingham numa carruagem puxada por cavalos REUTERS/Suzanne Plunkett
  • 1993, a rainha espreita para dentro da sua mala
    1993, a rainha espreita para dentro da sua mala REUTERS/Stringer
  • Em 2001, a rainha Isabel II cumprimenta a multidão que a espera em Wiltshire
    Em 2001, a rainha Isabel II cumprimenta a multidão que a espera em Wiltshire REUTERS/POOL Old
  • Em 1992, durante uma visita à Alemanha
    Em 1992, durante uma visita à Alemanha Reuters/Stringer
  • 1998, numa visita ao Museu da Escócia, em Edimburgo
    1998, numa visita ao Museu da Escócia, em Edimburgo REUTERS/Jeff J Mitchell
  • 1993, no Castelo de Windsor, para a tradicional missa de domingo de Páscoa
    1993, no Castelo de Windsor, para a tradicional missa de domingo de Páscoa REUTERS/Stringer
  • Em 2008, a rainha Isabel II no parlamento britânico
    Em 2008, a rainha Isabel II no parlamento britânico REUTERS/Toby Melville
  • 2 de Junho de 1953, dia da coroação. A Rainha Isabel II junto do príncipe Filipe e Duque de Edimburgo, seu marido
    2 de Junho de 1953, dia da coroação. A Rainha Isabel II junto do príncipe Filipe e Duque de Edimburgo, seu marido AFP
  • Em 1941, com 15 anos de idade, Isabel é fotografada com a família real à saída do castelo de Windsor
    Em 1941, com 15 anos de idade, Isabel é fotografada com a família real à saída do castelo de Windsor REUTERS
  • Isabel II em 1953, durante a coroação
    Isabel II em 1953, durante a coroação AP
  • Em 1960, a rainha Isabel II com o seu marido, Filipe, e os filhos Ana, Carlos e o recém-nascido André
    Em 1960, a rainha Isabel II com o seu marido, Filipe, e os filhos Ana, Carlos e o recém-nascido André AFP
  • Em 1982, Isabel II com o príncipe Carlos e Diana de Gales
    Em 1982, Isabel II com o príncipe Carlos e Diana de Gales AFP
  • Fotografia oficial dos membros da família real
    Fotografia oficial dos membros da família real REUTERS/POOL Old
  • 1993, A rainha Elizabeth II com a princesa Margaret, à sua direita
    1993, A rainha Elizabeth II com a princesa Margaret, à sua direita REUTERS/Kevin Coombs
  • Em 1993, a rainha Isbel II é recebida na Hungria pelo presidente Arpad Gonz
    Em 1993, a rainha Isbel II é recebida na Hungria pelo presidente Arpad Gonz REUTERS/Stringer
  • 1992, a rainha Isabel II chega à ante-estreia do filme Chaplin
    1992, a rainha Isabel II chega à ante-estreia do filme Chaplin REUTERS/Stringer
  • 2000, Isabel II e a Rainha-Mãe no palácio de Buckingham
    2000, Isabel II e a Rainha-Mãe no palácio de Buckingham REUTERS/Ian Waldie
  • Em 1994, o presidente norte-americano Bill Clinton aplaude o discurso de Isabel II no jantar de Guildhall
    Em 1994, o presidente norte-americano Bill Clinton aplaude o discurso de Isabel II no jantar de Guildhall REUTERS/Kevin Lamarque
  • Em 1995, Isabel II visita áreas afectadas pelas cheias de Janeiro desse ano
    Em 1995, Isabel II visita áreas afectadas pelas cheias de Janeiro desse ano REUTERS/Ian Waldie
  • Em 2000, Isabel II chega ao banquete oferecido pelo presidente italiano Carlo Azaglio Ciampi
    Em 2000, Isabel II chega ao banquete oferecido pelo presidente italiano Carlo Azaglio Ciampi REUTERS/Dylan Martinez
  • Em 1994, Isabel II acena ao público durante uma visita oficial à Rússia
    Em 1994, Isabel II acena ao público durante uma visita oficial à Rússia REUTERS/Russell Boyce
  • 2000, durante a visita oficial de Isabel II à Austrália
    2000, durante a visita oficial de Isabel II à Austrália REUTERS/POOL Old
  • 1994, a rainha sorri enquanto caminha em Dartmouth
    1994, a rainha sorri enquanto caminha em Dartmouth REUTERS/Peter Jones
  • Isabel II durante a visita a Moscovo, em 1994 
    Isabel II durante a visita a Moscovo, em 1994  REUTERS/Grigory Dukor
  • 1996, durante a inauguração da escola de negócios da Universidade de Buckingham
    1996, durante a inauguração da escola de negócios da Universidade de Buckingham REUTERS/POOL New
  • 1996, a rainha Isabel II à saída do parlamento
    1996, a rainha Isabel II à saída do parlamento REUTERS/Russell Boyce
  • Isabel II em 1997, durante a visita oficial ao Paquistão
    Isabel II em 1997, durante a visita oficial ao Paquistão REUTERS/Dylan Martinez
  • Em 1997, a rainha Isabel II e o Duque de Edimburgo no tributo prestado à memória de Diana, princesa de Gales
    Em 1997, a rainha Isabel II e o Duque de Edimburgo no tributo prestado à memória de Diana, princesa de Gales REUTERS/Ian Waldie
  • 1998, durante uma visita oficial à Malásia
    1998, durante uma visita oficial à Malásia REUTERS/Kimimasa Mayama
  • Em 2000, durante uma visita oficial a Itália
    Em 2000, durante uma visita oficial a Itália REUTERS/Vincenzo Pinto
  • Em 2000, a rainha Isabel II passeia no jardim botânico de Ballarat
    Em 2000, a rainha Isabel II passeia no jardim botânico de Ballarat REUTERS/Russell Boyce
  • Em 2011, durante o Remembrance Sunday, em Londres
    Em 2011, durante o Remembrance Sunday, em Londres REUTERS/Eddie Keogh
  • 2000, a rainha visita a vila de New Lanark
    2000, a rainha visita a vila de New Lanark REUTERS/Jeff J Mitchell
  • Em 2002, nas comemorações do Jubileu de Ouro
    Em 2002, nas comemorações do Jubileu de Ouro REUTERS/POOL Old
  • 2002, durante uma visita oficial à Jamaica
    2002, durante uma visita oficial à Jamaica REUTERS/Jorge Silva
  • Em 2009, a rainha Isabel II à saída do supremo tribunal
    Em 2009, a rainha Isabel II à saída do supremo tribunal REUTERS/Stefan Wermuth
  • A rainha Isabel II com o presidente norte-americano  Barack Obama, em 2011
    A rainha Isabel II com o presidente norte-americano  Barack Obama, em 2011 REUTERS/POOL New
  • A rainha Isabel II no dia de Natal de 2011
    A rainha Isabel II no dia de Natal de 2011 REUTERS/Suzanne Plunkett
  • Em 2011, a rainha Isabel na companhia do seu marido, o príncipe Filipe
    Em 2011, a rainha Isabel na companhia do seu marido, o príncipe Filipe REUTERS/Eddie Keogh
  • 2011, a família real no casamento de William e Kate
    2011, a família real no casamento de William e Kate REUTERS
  • Em 2011, Isabel II no mercado inglês em Cork 
    Em 2011, Isabel II no mercado inglês em Cork  REUTERS/POOL New
  • Sua Majestade, a rainha Isabel II, no ano de 2012

    Sua Majestade, a rainha Isabel II, no ano de 2012

    REUTERS/POOL New
  • Em 2012, durante as celebrações do Jubileu
    Em 2012, durante as celebrações do Jubileu REUTERS/POOL New
  • 2012, Isabel II chega ao festival de Epsom Derby
    2012, Isabel II chega ao festival de Epsom Derby REUTERS/Toby Melville
  • 2012, durante as comemorações do Jubileu de Diamante
    2012, durante as comemorações do Jubileu de Diamante REUTERS/POOL New
  • 3 de Junho de 2012, a bordo do Spirit of Chartwell, a rainha acena à multidão durante o desfile de barcos que celebra o jubileu
    3 de Junho de 2012, a bordo do Spirit of Chartwell, a rainha acena à multidão durante o desfile de barcos que celebra o jubileu REUTERS/Stefan Wermuth

Isabel II

A rainha dos cinco mil chapéus

Ela usa coordenados elegantes compostos por saias abaixo do joelho, casacos a condizer e malas estruturadas. A pregadeira ao peito, o icónico colar de pérolas e o sempre presente chapéu sobre o cabelo bem penteado completam o look e tornam-na inconfundível. Se ainda não sabe de quem estamos a falar, é porque tem andado muito distraído, mas nós damos uma ajuda: em ocasiões especiais, esta senhora usa uma tiara de diamantes ou até uma coroa. E já o faz há 60 anos.

Quando uma criança nasce, tem à sua frente um futuro com um número sem fim de possibilidades - é um livro à espera de ser escrito. Mas, quando Elizabeth Alexandra Mary veio ao mundo, num pequeno bairro londrino, já tinha o destino traçado. Filha mais velha do príncipe Alberto e neta do rei Jorge V, recebeu o título de princesa da Grã-Bretanha, sendo tratada por Sua Alteza Real. Em casa, era apenas Lilibet. Apesar de estar em terceiro lugar na linha de sucessão ao trono, foi educada para ser rainha - e ainda bem.

Em 1953, a recém-coroada Isabel II foi apresentada ao povo bretão como a sua "rainha indiscutível". E, ao longo de sessenta anos de reinado, agora celebrados no Jubileu de Diamante, a monarca cumpriu o destino que o sangue ditou e foi a imagem do Reino Unido no mundo. Mas como é que se deveria apresentar uma rainha, numa altura em que muitos deixam de acreditar na monarquia?

Dez anos antes da coroação, Isabel fazia sua primeira aparição oficial sozinha. Nesta altura, durante a II Guerra Mundial, a futura rainha já tinha aprendido sobre a sobriedade necessária em tempos de escassez de recursos - uma lição que nunca esqueceu, tendo em conta que, actualmente, em época de austeridade, a rainha tem revelado um enorme bom senso ao repetir alguns coordenados em aparições públicas. Mas este recato, que sempre lhe foi tão característico, em nada impediu que a jovem rainha encantasse por onde quer que passasse, com um estilo em tudo adequado a um membro da família real. Era decoroso e discreto, mas tinha o glamour tão próprio de uma época em que surgiu Dior e o seu New Look.

Um olhar menos atento podia facilmente cair no erro de concluir que a rainha não tem um interesse particular por moda. Isabel II nunca se preocupou com tendências, mas isso não significa que a sua imagem não tenha sido cuidada até ao mais ínfimo pormenor. A rainha precisava de uma assinatura que a identificasse imediatamente e a fórmula chegou pelas mãos dos seus costureiros, Hartbell e Hardy Amies, e, mais recentemente, por Angela Kelly.

Quando era mais jovem, os coordenados eram compostos por saias rodadas, corpetes ajustados ao corpo, chapéus e malas estruturadas. Em ocasiões especiais, apareciam os vestidos de noite em cetim, envoltos em peles brancas. Tiaras, pregadeiras ao peito e um icónico colar de pérolas completavam um look que se foi tornando na imagem de marca de Isabel II e que continua nos dias de hoje. O único acessório capaz de competir com o chapéu, o seu cunho mais distintivo, é a coroa.  Estima-se que, ao longo dos 60 anos de reinado, a rainha tenha usado mais de cinco mil modelos diferentes.

No guarda-roupa real, sempre predominaram os tons pastel, mas ocasionalmente Isabel II também brincou com a cor. Nos anos de 1980, por exemplo, se os casacos estruturados eram demasiado ousados para a imagem de uma rainha, o royal blue, o vermelho, o amarelo e até alguns padrões florais foram utilizados para tornar os coordenados mais modernos.