Reuters/DARRIN ZAMMIT LUPI

Protocolo

Marido de Merkel quer sensibilizar as Trump para as mudanças climáticas

Joachim Sauer é o anfitrião das primeiras-damas dos líderes do G20 que estão reunidos na Alemanha.

Se Angela Merkel está preparada para uma diplomacia que não será fácil no seio do encontro do G20, em Hamburgo; o seu marido Joachim Sauer não parece estar preocupado com diplomacias e quer mostrar às primeiras-damas o que acontece ao mundo graças às alterações climáticas.

Já se sabe que enquanto os chefes de Estado reúnem, cabe ao cônjuge do chefe de Estado do país anfitrião tratar da agenda social das primeiras-damas. Assim será com o marido de Merkel, cientista e professor da Universidade Humboldt de Berlim, que incluiu na sua agenda a visita ao Centro Alemão de Computação Climática, esta sexta-feira. Trata-se de um espaço onde existe uma instalação que usa supercomputadores para modelar mudanças climáticas e mapear os seus efeitos no mundo.

Mas haverá ainda espaço para actividades mais leves como um cruzeiro no rio e um passeio turístico pela cidade germânica.

Claro que a visita ao laboratório climático não é uma coincidência, diz o site Quartz. Esta surge depois da polémica decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris, decisão que Merkel classificou como "extremamente lamentável" e que Macron aproveitou para fazer um vídeo em que apelava à protecção do ambiente, usando parte do slogan que Trump adoptou durante a sua campanha – em vez de "vamos tornar a América grande outra vez", o Presidente francês optou por "vamos tornar o nosso planeta grande outra vez".

Sabe-se que Ivanka Trump foi contra a decisão da saída dos EUA do Acordo de Paris e que chegou mesmo a convidar Al Gore para conversar com o pai, assim como reuniu-se com o actor Leonardo DiCaprio para falar sobre o tema. Aliás, quando Trump anunciou a sua decisão, a filha não esteve presente. Por isso, com esta visita Sauer tentará conquistar Melania para a sua causa.