Rui Gaudencio/arquivo

Polémica

Dolce & Gabbana não querem saber o que Miley Cyrus pensa sobre eles

A cantora norte-americana elogiou o irmão que desfilou pela marca italiana, mas lamentou a política desta vestir Melania Trump.

Miley Cyrus está orgulhosa pelo seu irmão mais novo. Braison Cyrus desfilou pela marca italiana Dolce & Gabbana e a cantora norte-americana deu os parabéns à mesma por apostar em pessoas novas. Só lamenta que esta se meta em políticas, disse no Instagram, a resposta de Stefano Gabbana não se fez esperar e não foi simpática.

A cantora e actriz partilhou na sua conta de Instagram o orgulho de ver o seu irmão desfilar, embora considere que ele é melhor músico do que modelo. No fim de uma longa mensagem, Miley deixa um recado à casa italiana dizendo que não concorda com a sua política – numa clara crítica ao facto de a Dolce & Gabbana vestir a primeira-dama norte-americana, Melania Trump. No entanto, termina com um elogio à marca por apoiar novos talentos.

 

Congrats @braisonccyrus on walking in your 1st runway show.... It's never been my little brothers dream to be a model as HE is one of the most talented musicians my ears have ever been given the gift of hearing.... BUT it is a Cyrus family trait to try everything once (within reason HA) and to embrace opportunities that encourage you to step out of your comfort zone! We believe in trying something new everyday! I love you Prince Suga Bear and seriously congratulations on your experience! I am so proud of you always.... From Nashville to Italy! ???????????? PS D&G, I STRONGLY disagree with your politics.... but I do support your company's effort to celebrate young artists & give them the platform to shine their light for all to see!

A post shared by Miley Cyrus (@mileycyrus) on

A reacção de Stefano Gabbana foi, no mínimo, pouco educada, reconhecendo que tem pouca capacidade para aceitar uma crítica. "Nós somos italianos e não queremos saber de política, muito menos da americana!", escreveu, para de seguida acusar a cantora de "ignorante", pedindo a Miley Cyrus para os ignorar. 

Nas hashtags, o designer usou #boycottdolcegabbana numa clara referência à campanha que a marca italiana lançou recentemente para criticar aqueles que a criticam. Se Miley Cyrus tem quase 288 mil gostos no seu comentário, o de Gabbana não chega aos oito mil.