Rui Gaudencio

Música

Miley Cyrus cansada de ser má, quer voltar a ser uma menina exemplar

Será eternamente uma das estrelas da Disney, mas parece que os seus dias de revolta terminaram.

Miley Cyrus diz não às drogas, ao álcool e também ao estilo de música que tem feito nos últimos tempos. A actriz e cantora de 24 anos, que começou a sua carreira ainda criança no canal Disney, com a série "Hanna Montana", quer regressar às suas origens, a música country, conta numa entrevista à Billboard

"Há três semanas que não fumo erva – é o tempo mais longo que já passei sem fumar. Não estou a fazer drogas, não estou a beber, estou completamente limpa! Isto era o que eu queria fazer", declara a actriz à revista, citada pela Reuters.

A cantora – cujo pai é o músico country Billy Ray Cyrus, que também participava na série da Disney, e cuja madrinha é Dolly Parton –, lançará o novo single "Malibu" no próximo dia 11, e conta que a canção foi inspirada no seu noivo, o actor Liam Hemsworth, com quem namorou até 2013. Então, o casal separou-se e foram os anos mais radicais da cantora que mudou de estilo, cortou o cabelo muito curto, aparecia nos eventos com vestidos que deixavam muito pouco à imaginação e as suas músicas revelavam a revolta que sentia. Cyrus e Hemsworth voltaram a juntar-se no ano passado.

O próximo álbum, com letras e músicas da artista, inclui uma canção dedicada a Hillary Clinton, a candidata que a cantora apoiou nas eleições presidenciais dos EUA, e um hino dedicado às mulheres no local de trabalho, disse à Billboard.