A Victoria's Secret tem apostada no digital
A Victoria's Secret tem apostada no digital Reuters/LUCAS JACKSON

Tendência

Quais são as marcas favoritas dos millenials?

A Bloomberg analisou as tendências de consumo de moda, retalho e beleza.

Os millenials estão a chegar à idade em que consomem mais, e a geração que os sucede, a Z, está a aproximar-se, o que é um desafio para as marcas. A Bloomberg noticia que as empresas com mais sucesso são a Victoria’s Secret, a Sephora e a Nike, segundo um relatório da Condé Nast Inc. e da Goldman Sachs Group Inc. 

Os investigadores descobriram que a presença online contribui de forma decisiva para o sucesso das empresas e que um terço do que vendem nos EUA é através da Internet. A Amazon.com foi eleita a retalhista preferida de homens e mulheres.

“Estes consumidores de próxima geração nasceram com um telemóvel nas mãos, são viciados em tecnologia e tem uma expectativa de eficiência e imediatismo em tudo o que fazem", informa Pamela Drucker Mann, directora executiva de marketing da Condé Nast à Bloomberg. Portanto, observá-los permite perceber não só como eles se comportam, mas como se comportarão os consumidores de outras faixas etárias.

A base para chegar a estas conclusões é uma amostra de 2345 consumidores norte-americanos, entre os 12 e os 34 anos. O estudo foi realizado entre 22 de Novembro e 15 de Dezembro.

Assim, na primeira posição encontra-se a marca de roupa interior feminina, assim como de beleza, Victoria’s Secret (56,6%). Em segundo lugar está a marca de beleza Sephora (38%). Segue-se a desportiva Nike (29,7%). O quarto lugar pertence à marca norte-americana de calçado e acessórios Coach (13,4%).

As marcas de roupa, calçado e acessórios Kate Spade (13,3%) e Michael Kors (12,7%) ocupam a quinta e sexta posição, respectivamente. 

A marca de cosméticos Ulta (12,7%) está em sétimo lugar e em oitavo fica a marca de roupa desportiva Lululemon (11,8%), que declarou como prioridade aumentar o seu negócio na Internet e, por isso, vai criar uma aplicação móvel.

A empresa de venda de calçado DSW (11%) e a de venda de retalho Nordstrom (10%) estão nos últimos lugares.