• A cantora comprou a propriedade por 25 milhões de dólares em 2015
    A cantora comprou a propriedade por 25 milhões de dólares em 2015 Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker
  • Coldwell Banker

Património

Casa da Taylor Swift é agora património

A cantora conseguiu fazer com que a sua propriedade em Los Angeles passasse a estar protegida como património

Foi uma vitória histórica para Taylor Swift. A sua casa em Los Angeles, construída em 1934, acaba de ser considerada património, pela câmara municipal de Beverly Hills, meses depois de a cantora ter submetido um pedido nesse âmbito.

Swift comprou a mansão em 2015, por 25 milhões de dólares (23,5 milhões de euros), aos herdeiros do produtor de Hollywood Samuel Goldwy – co-fundador da Goldwyn Pictures, que mais tarde se transformou na Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) –, de acordo com o Daily Mail. A cantora americana – que tem casas também em Nova Iorque e em Nashville – terá feito, desde então, uma série de renovações para devolver a casa ao seu estado original.

 

“Acho que é uma verdadeira pérola da comunidade e estou mesmo entusiasmada pelo facto de que vai ser património e preservado”, comentou a presidente da câmara, Lili Bosse, citada pela Fox News.

A propriedade tem uma série de elementos que permanecem intocados desde a data de construção, incluindo o campo de ténis, a piscina, um pátio, os terraços em escadaria e até algumas árvores, avança ainda a Fox News.