O elenco de
O elenco de "O Sexo e a Cidade" Reuters/FABRIZIO BENSCH

Televisão

E se em vez da saia tutu, Sarah Jessica Parker usasse um vestido azul Marc Jacobs?

O genérico de "O Sexo e a Cidade" podia ter sido diferente e, 19 anos depois, sim 19, foi desvendado.

E se em vez da saia tutu, Sarah Jessica Parker (SJP) usasse um vestido azul Marc Jacobs no genérico de O Sexo e a Cidade

Entertainment Weekly, numa conversa com Darren Star, o criador da série sobre a vida de quatro amigas solteiras em Nova Iorque, descobriu que o genérico podia ter sido outro. Em vez da saia branca de tule, a personagem de SJP podia ter usado um vestido do designer norte-americano Marc Jacobs que Kate Moss vestiu na passerelle, na apresentação da colecção de Primavera/Verão de 1998. 

O genérico foi filmado em Março de 1998, há 19 anos, e foram feitos pelo menos dois. Um em que SJP vestia de azul e não ficava salpicada e o que é conhecido de todos, com a saia branca e o top cor-de-rosa, onde a personagem fica molhada e vê o anúncio à sua coluna no jornal. 

A opção que saiu vencedora foi muito contestada pelo próprio produtor que tinha dúvidas quanto ao tutu, ao passo que SJP considerava aquela a melhor escolha. Acabou por vencer a actriz. "Foi uma escolha brilhante porque, de certa forma, Carrie dança através da sua vida em Nova Iorque", interpreta Darren Star.

A personagem nunca mais voltou a usar a saia e esta só aparece dez anos depois, em 2008, no filme feito depois da série, quando Carrie a tira do armário. Na altura, a actriz confessou: "Senti-me como se estivesse a fazer algo de errado. 'Não vistas isso!' Foi muito rápido e desliguei", cita a Entertainment Weekly.