DR

Madicinas Alternativas

Há uma rotina de beleza Ayurveda para conhecer

Associação de Medicina Ayurveda e supermercados Bio promovem workshops para clientes.

São sete os passos fundamentais para cuidar da pele, define a Medicina Ayurveda, ou seja, o conhecimento milenar dos indianos sobre a saúde que tal como outras medicinas alternativas à ocidental tem uma visão holística sobre o ser humano.

Na quinta-feira à tarde, a técnica de Medicina Ayurveda e bióloga Maria Eduarda deu um workshop no supermercado biológico Brio, em Campo de Ourique, em Lisboa, onde explicou a importância da alimentação para o bem estar da pele. Segundo a especialista, na pele só devem ser aplicados produtos que possam ser ingeridos, de modo a não acumular toxinas e, por isso, a sugestões passam por alimentos.

Segundo esta medicina alternativa existem três tipos de pele: o Pitta, associado à pele mista e ligeiramente oleosa e à faixa etária até aos 24 anos; o Kaffa que é a pele muito oleosa e macia e corresponde à faixa etária dos 25 aos 60 anos; e o Vata, associado à pele seca e à faixa etária a partir dos 60 anos.

Assim, entre os sete passos para cuidar da pele há aspectos que são comuns aos três tipos de pele, mas outros são específicos de cada uma deles.

O primeiro passo é o da limpeza e higienização da pele com água de rosas. De seguida é aconselhável aplicar um óleo de sésamo. Em terceiro lugar é preciso que a pele transpire, para isso é feito um vapor com ervas medicinais. Ao abrir os poros, o óleo de sésamo vai ser mais bem absorvido pela pele.

O quarto passo é aplicar uma máscara exfoliante durante dez minutos. Aqui, esta deve ser feita de acordo com cada tipo de pele. Se a sua pele for do tipo Vata é aconselhável triturar e misturar aveia (cereal exfoliante e nutritivo), lentilha amarela (ou feijão mungdal), amêndoas (fruto seco nutritivo, humectante, hidratante e regenerador) e água de rosas. No caso de a pele ser Pitta deve triturar e misturar aveia, lentilha amarela, tulsi (planta com propriedades calmantes e de prevenção de doenças da pele) e água de rosas. Se a pele for Kapha, o conselho é triturar e misturar milho, lentilha amarela (ou feijão mungdal), neem (planta anti-fúgica), mel e água de flor de laranjeira. Quando a pessoa tem manchas na pele pode misturar e triturar açafrão e sumo limão.

Passados os dez minutos de máscara é tempo de limpar e tonificar a pele com água de rosas. E o sexto passo é só para as peles Vata e Pitta: aplicar uma nova máscara nutritiva feita com ghee (tipo de manteiga clarificada, muito usado na culinária indiana), banana e manga e deixar actuar durante 15 minutos.

Por fim, o sétimo passo prevê a aplicação de vários tipos de óleo com
propriedades nutritivas e hidratantes: o óleo de coco 100% natural é sobretudo
utilizado na pele Pitta, podendo servir como protecção solar e usado como creme após depilação; o óleo de rícinio, para o biótipo Vatta; e o óleo de sésamo prensado a frio pode ser usado em todos os tipos de pele.

Alguns destes passos devem ser diários como os associados à limpeza, os restantes podem ser repetidos duas vezes por semana, aconselha Maria Eduarda. A maior parte destes produtos são vendidos em supermercados que vendem produtos naturais e biológicos.