• Guteland com a sua bebé ao colo
    Guteland com a sua bebé ao colo Reuters/VINCENT KESSLER
  • Eurodeputada durante a sessão no Parlamento Europeu
    Eurodeputada durante a sessão no Parlamento Europeu Reuters/VINCENT KESSLER
  • A bebé esteve mais ocupada com os brinquedos do que com a política
    A bebé esteve mais ocupada com os brinquedos do que com a política Reuters/VINCENT KESSLER
  • A deputada a votar em Estrasburgo
    A deputada a votar em Estrasburgo Reuters/VINCENT KESSLER
  • Ronzulli não falta às votações no Parlamento Europeu
    Ronzulli não falta às votações no Parlamento Europeu Reuters/VINCENT KESSLER
  • A representante do Força Itália levou a bebé desde que tinha poucos dias para o plenário
    A representante do Força Itália levou a bebé desde que tinha poucos dias para o plenário Reuters/VINCENT KESSLER
  • A menina que nasceu em 2010 foi crescendo aos olhos dos eurodeputados e dos fotógrafos
    A menina que nasceu em 2010 foi crescendo aos olhos dos eurodeputados e dos fotógrafos Reuters/VINCENT KESSLER
  • Vitória marcou presença várias vezes no Parlamento Europeu
    Vitória marcou presença várias vezes no Parlamento Europeu Reuters/VINCENT KESSLER
  • Os corredores de Estrasburgo não são estranhos a Vitória
    Os corredores de Estrasburgo não são estranhos a Vitória Reuters/VINCENT KESSLER

Maternidade

Deputada sueca votou com o seu bebé ao colo em Estrasburgo

Não é a primeira vez que Jytte Guteland leva a criança para o Parlamento Europeu. Nem é a primeira eurodeputada a fazê-lo.

Jytte Guteland, uma deputada sueca eleita para o Parlamento Europeu pelos sociais-democratas, participou em mais uma sessão em Estrasburgo, nesta terça-feira, e esteve com o seu bebé ao colo durante o plenário, mantendo-o consigo quando da votação.

A criança parecia bastante calma e esteve mais atenta aos seus brinquedos do que às decisões políticas que iam sendo tomadas. Não foi a primeira vez que a mãe levou o bebé para o plenário, já em Novembro o par tinha sido fotografado no mesmo espaço.

Os bebés nos parlamentos continuam a fazer notícia porque permanecem raros. Mas ainda assim algumas mães têm quebrado tabús e não faltam mesmo que para isso tenham de levar as crianças para a sessão.

Em Junho passado, a trabalhista britânica Anneliese Dods antes de votar, participou no debate sobre evasão fiscal com a sua filha, nascida em Janeiro de 2016, ao colo. A eurodeputada partilhou a intervenção na sua conta do Facebook. Então, uma antiga deputada, Máire McSorley deu-lhe os parabéns e escreveu que também ela, nas décadas de 1970 e 1980, levou os filhos para reuniões do partido.

Outra eurodeputada que volta e meia é fotografada no Parlamento Europeu é a italiana Licia Ronzulli que levou a sua filha Vitória para as votações mal aquela nasceu, em 2010. Depois disso, Vitória continuou a frequentar as salas e corredores de Estrasburgo onde a mãe continuou a representar o Força Itália e a defender os direitos das mulheres e da conciliação entre a maternidade e o trabalho.