É ou não possível ser-se feliz sozinho?
É ou não possível ser-se feliz sozinho? DANIEL ROCHA

Página 3 de 3

Dia dos Namorados

“O mundo nunca foi simpático para os solteiros”

E o que se pode dizer aos mais jovens, que nunca namoraram, se sentem rejeitados e sós, e que neste dia vêem corações por todo o lado e parzinhos em grande enlevo amoroso? Margarida Vieitez, autora dos livros Pessoas Que nos Fazem Felizes e SOS Manipuladores (Esfera dos Livros), sugere que se lhes explique: “Namorar, casar, ter um companheiro, é uma parte da sua vida. Não é toda a sua vida.” Até porque, “na origem de um possível sentimento de solidão ou rejeição, pode estar uma vida pouco significativa em termos de relações com a sua família, com os amigos, a falta de um projecto de vida, dependência ou baixa autoconfiança e auto-estima”.

O plano é: “Descubra-se, reinvente-se, revitalize-se, cuide-se emocional e fisicamente, divirta-se, ame-se ainda mais... Um dia esse amor vai chegar. Até lá, namore consigo. No dia 14, faça algo que lhe dê realmente prazer e descubra como é bom estar consigo!”

Se para Elsa o Dia dos Namorados é indiferente, para Teresa é divertido: “Com ou sem companheiro sempre me divertiu. Além do mais, serve para dinamizar a economia. O mal não está no Dia dos Namorados, está no que muitos só fazem no Dia dos Namorados. É mais ou menos como o Natal!”

Só por curiosidade

— Os solteiros portugueses correspondem, segundo os Censos, a 40,4% da população adulta (o que não significa exactamente que não tenham namorado/a);

— Existe um grupo (não fechado) no Facebook com a designação Solteiros de Portugal, que se apresenta assim: “Quem nunca ouviu a frase ‘melhor só que mal acompanhado?’ Pois bem, a frase é o grito de guerra da categoria dos solteiros, que, assim como tantas, tem a sua data a ser festejada em 15 de Agosto. Assim como acontece com o dia deste ou daquele, o Dia do Solteiro(a) faz parte do calendário nacional. Solteiro ou casado vale a pena viver feliz. Pois, no fundo, todo o homem ou mulher que hoje tem a sua família um dia pode comemorar os bons tempos de solteiro” (até esta segunda-feira contava com 3979 gostos);

— Não conseguimos depoimentos de homens solteiros para este artigo (mas temos pena).