REUTERS/Toru Hanai

Exercício

Um portal online para reservar um personal trainer

A plataforma online Koobby serve para reservar treinos desportivos personalizados.

A plataforma Koobby, criada pelo personal trainer Pedro Miranda, quer ser “o booking do fitness”. Tal como o Booking faz com unidades hoteleiras, a Kooby agrega perfis de profissionais de desporto e permite a procura, e posterior reserva, de uma sessão de treino personalizado.

A ideia surgiu em 2015, conta ao Life&Style André Novais de Paula, um dos empresários que se juntaram a Pedro Miranda para pôr a Koobby em prática. “O Pedro estava a tentar dinamizar o seu negócio. Diziam-lhe para criar uma página de Facebook, um canal de vídeos no YouTube com treinos, um Instagram”, conta, até que se lembrou que “o ideal” seria uma plataforma de “reservas”, onde os profissionais pudessem elencar os serviços que oferecem e os clientes pudessem escolher e reservar consoante as suas necessidades.

Ao entrar no site, o cliente pode pesquisar uma modalidade desportiva e uma zona geográfica – por exemplo: sessão de treino em suspensão TRX, Lisboa – e depois surgem várias opções para marcação, consoante a própria disponibilidade dos personal trainers inscritos na plataforma.

A Koobby ficou online em Novembro do último ano mas, até agora, tem estado em permanente “desenvolvimento”, refere André Novais de Paula, profissional de marketing e praticante de desporto. Neste momento, existem já 400 profissionais com perfis activos – a plataforma recrutou-os através não só de conhecimentos pessoais de Pedro Miranda, mas também no evento Portugal Fit, em Lisboa – que cobrem modalidades desportivas como CrossFit, TRX, Pilates, Running, Treino Funcional, Flexibilidade, Yoga, Hipertrofia, Ténis, Padel, Artes Marciais, Surf, Natação, Culturismo, Dança ou BTT.

Um personal trainer tem de se registar e discriminar os serviços que oferece – este registo para profissionais custa 5 euros por mês se pagos anualmente ou 7 euros se pago mensalmente. Para clientes, o registo é gratuito. São estes profissionais, e não a plataforma, que definem o valor de cada sessão de treino. A Koobby recebe uma comissão de 10% sobre este valor, diz Novais de Paula.

Para marcar a sessão, o cliente terá de seleccionar o personal trainer que mais se adequa às suas necessidades, marcar a hora e o dia e poderá pagar a sessão directamente na plataforma – o valor médico de uma sessão é 25 euros.

Além do serviço de reservas, a Koobby tem ainda dois blogues activos, um para clientes, com dicas de fitness, nutrição e bem-estar e outro para profissionais, que ensina a tirar o melhor partido da plataforma.