• Equipa olímpica australiana, vestida pela marca Sportscraft
    Equipa olímpica australiana, vestida pela marca Sportscraft DR
  • Equipa olímpica cubana, calçada pelo criador Christian Louboutin e vestida pela marca desportiva Sporty Henri
    Equipa olímpica cubana, calçada pelo criador Christian Louboutin e vestida pela marca desportiva Sporty Henri DR
  • Equipa olímpica canadiana, vestida pela Dsquared2
    Equipa olímpica canadiana, vestida pela Dsquared2 DR
  • Lenny Niemeyer e a marca de moda rápida C&A vestem a equipa olímpica brasileira
    Lenny Niemeyer e a marca de moda rápida C&A vestem a equipa olímpica brasileira DR
  • A marca de moda rápida sueca H&M foi a escolhida para vestir os atletas olímpicos da Suécia
    A marca de moda rápida sueca H&M foi a escolhida para vestir os atletas olímpicos da Suécia DR
  • A marca Polo Ralph Lauren veste a equipa olímpica norte-americana
    A marca Polo Ralph Lauren veste a equipa olímpica norte-americana DR
  • Os portugueses vestem peças em ganga da marca Salsa e os equipamentos desportivos foram produzidos pela Joma
    Os portugueses vestem peças em ganga da marca Salsa e os equipamentos desportivos foram produzidos pela Joma DR
  • A equipa olímpica francesa escolheu a Lacoste para os vestir, com os designs do director criativo Felipe Oliveira Baptista
    A equipa olímpica francesa escolheu a Lacoste para os vestir, com os designs do director criativo Felipe Oliveira Baptista DR
  • Equipa olímpica sul-coreana
    Equipa olímpica sul-coreana DR
  • Stella McCartney vestiu pela segunda vez os atletas do Reino Unido, com a colaboração da Adidas
    Stella McCartney vestiu pela segunda vez os atletas do Reino Unido, com a colaboração da Adidas DR
  • Giorgio Armani assina as roupas dos atletas italianos
    Giorgio Armani assina as roupas dos atletas italianos DR

Jogos Olímpicos

Atletas olímpicos portugueses vestem ganga no Rio

A delegação nacional vai entrar no Estádio do Maracanã esta sexta-feira vestida totalmente de ganga. A marca portuguesa Salsa é responsável pelos trajes.

Os 92 atletas portugueses que vão competir em 16 modalidades nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro vão vestir roupas da marca portuguesa de denim Salsa na cerimónia de abertura desta quinta-feira, 5 de Agosto, no Estádio do Maracanã. O restante equipamento desportivo foi produzido pela espanhola Joma.

A marca portuguesa produziu duas linhas – uma mais “formal”, com calças de ganga, blazer de ganga azul-escuro, camisa de ganga com gravata verde para homem e um lenço vermelho para mulher; e outra mais “informal”, com bermudas de ganga. A primeira linha foi já utilizada pelos atletas no encontro com o presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, em Belém, antes da partida da comitiva para o Brasil, a 13 de Julho.

O Comité Olímpico português explica, na sua página oficial, que “a tradição de Portugal, as conquistas, o azul do mar e a sua energia, foram o ponto de partida para criar algo diferente”, com o objectivo de “romper com os fardamentos clássicos usados habitualmente”. No sentido inverso, a selecção portuguesa de futebol optou por fatos clássicos da Dielmar e sapatos da marca de Cristiano Ronaldo para levar ao Europeu.

As peças inspiram-se na tendência “patch”, com remendos de ganga nas calças, e todas têm “emblemas oficiais e decorativos, tais como o coração de Viana em filigrana, a bandeira de Portugal, excertos do hino e a cruz da Ordem de Cristo”.

José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico de Portugal, assinala que a escolha da Salsa para vestir os atletas portugueses num "momento marcante como será a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos" é "motivo de satisfação" e "simbólico", realçando que a marca portuguesa "partilha alguns dos fundamentos do olimpismo no seu dia-a-dia e na filosofia da empresa". 

Já a marca espanhola Joma foi a escolhida para desenhar e produzir a linha desportiva da equipa olímpica, que está adaptada ao clima do Rio de Janeiro, adiante o Comité Olímpico no seu site, bem como o traje de cerimónias de pódio.

Cada delegação olímpica escolheu um criador de moda ou marca para se vestir a rigor nas cerimónias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos – a delegação cubana calçará modelos de sapatos de Christian Louboutin e vestirá peças criadas por Henri Tai; a equipa do Reino Unido escolheu Stella McCartney para os vestir; França optou pela Lacoste, marca liderada pelo criador português Felipe Oliveira Baptista; os italianos escolheram Giorgio Armani e a criadora Lenny Niemeyer juntou-se à marca de moda rápida C&A para vestir os atletas olímpicos brasileiros.