Os tijolos da casa de Eminem esgotaram num dia

O rapper está a vender coleccionáveis para celebrar o 16.º aniversário de Marshall Mathers LP.

Eminem vai relançar Marshall Mathers LP, para celebrar o 16.º aniversário daquele que, até 2015, foi o álbum com maior número de exemplares vendidos na primeira semana (1,76 milhões de cópias). Mas não só: os fãs podem comprar artigos coleccionavéis, entre os quais se encontravam tijolos da casa de infância do rapper (já esgotados).

A casa que aparece nas capas de The Marshall Mathers LP e The Marshall Mathers LP 2 foi o lar de Eminem na infância. Os 700 tijolos dessa habitação postos em vitrinas, com uma placa comemorativa e certificado de autenticidade, estiveram à venda na página oficial do rapper. Custavam 315 dólares (280 euros) – preço do albúm mais um tijolo e esgotaram em apenas um dia. Continuam disponíveis t-shirts e pedaços da madeira reaproveitados da mesma casa.

O número 19946 da rua Dresden do bairro Greensbriar, em Detroit, foi demolido no mesmo mês que The Marshall Mathers LP 2 foi lançado, em 2013, depois de ser considerado estruturalmente instável. A equipa de Eminem ainda retirou tijolos e madeiras já com o intuito de proceder a esta venda.

“Continuaremos a missão de reconstruir a cidade de Detroit. Uma parcela destes valores será doada à Fundação Marshall Mathers", conta o rapper no site oficial. A fundação fornece fundos para organizações que trabalham com jovens em risco em todos os EUA.

The Marshall Mathers LP 2 é o lançamento mais recente de Eminem, embora não tenha estado parado nos últimos três anos. Em 2015, por exemplo, Eminem (tal como Nicki Minaj) fez um remix para os Weeknd. Eminem também participou no single Best friend de Yelawolf, que foi lançado no álbum Love Story, também no ano passado.

Texto editado por Hugo Torres