O estudo revela que o comprimento médio de um pénis em erecção é de 13,12 centímetros
O estudo revela que o comprimento médio de um pénis em erecção é de 13,12 centímetros AFP/ANDREAS SOLARO

Estudo

Investigadores descobriram o tamanho "normal" do pénis

Uma nova análise dá uma visão geral do que é considerado "normal" no que ao comprimento e circunferência do pénis diz respeito, uma verdadeira fonte de preocupação para alguns homens.

Este trabalho, publicado numa revista de urologia especializada, a BJU International, pode ser útil para aconselhar os homens preocupados com o tamanho do seu órgão sexual, às vezes ao ponto de sofrerem de transtorno dismórfico corporal (medo excessivo de um defeito), ou para os fabricantes de preservativos.

Para este fim, o médico David Veale (da King's College, em Londres) e os seus colegas investigadores criaram, através da análise de estudos médicos seleccionados, um padrão gráfico que representa a distribuição do tamanho do pénis em repouso ou erecção, incluindo variações normais — um diagrama semelhante aos utilizados para avaliar as curvas de crescimento (peso e altura) das crianças, com os espaços que ficam dentro do normal.

Para realizar este trabalho de interesse público, os médicos britânicos reuniram dados de 20 estudos anteriores e envolveram mais de 15.500 homens dos 17 aos 91 anos, medindo o seu pénis segundo procedimentos padronizados feitos por profissionais da saúde.

Segundo estes gráficos o comprimento de um pénis em repouso é em média de 9,16 centímetros e em erecção de 13,12 centímetros. Já o perímetro (ou circunferência) do pénis, em média, passa de 9,31 centímetros em repouso para 11,66 em erecção. Por outro lado, há uma fraca relação entre o comprimento do pénis em erecção e a estatura do homem, segundo os autores.

De acordo com o Dr. Veale, "estes gráficos ajudam os médicos a tranquilizar a grande maioria dos homens de que a dimensão do seu pénis está na faixa normal".

A maioria dos homens incluídos nesta análise eram caucasianos europeus e do Médio Oriente. Por isso, referem os autores, é impossível tirar conclusões sobre as eventuais diferenças de tamanhos do pénis segundo as origens ou as culturas.

A Academia Francesa de Cirurgia tinha entregue dados semelhantes em Outubro de 2011, alertando para os pedidos das cirurgias penianas, que podem ser redundantes e com alguns riscos. 

"A sensação de um pénis com um tamanho insuficiente é, para o homem, uma fonte de ansiedade ou dor psicológica", sublinhou a instituição académica face aos pedidos de cirurgia correctiva considerados, muitas vezes, urgentes, mostrando-se preocupada em "sensibilizar a consciência pública sobre a futilidade e o risco de qualquer tipo de cirurgia num pénis de tamanho normal e fisiologicamente activo".

No anúncio público, os médicos dizem que o comprimento médio mundial do órgão sexual masculino está entre os nove e os 9,5 centímetros quando está flácido e entre os 12,8 e 14,5 centímetros quando está erecto, enquanto o valor médio da circunferência em repouso está entre os 8,5 e os nove centímetros e durante a erecção está entre os dez e os 10,5 centímetros.