John Macdougall/AFP

Protesto

Semana da Moda de Berlim começa com protestos contra uso de pele animal

Três activistas da organização PETA participaram esta segunda-feira num protesto contra o uso de peles de animais pela indústria da moda, perto do local onde a passerelle está estendida para a Semana da Moda de Berlim.

No primeiro dia da semana da moda alemã, três mulheres semi-nuas – apenas com lingerie e máscaras de raposa, coelho e ovelha – repetiram os protestos feitos em Janeiro de 2014 e posaram para os fotógrafos. Desta vez, nos cartazes, em inglês e alemão, lê-se: “Sinta-se bonita na sua própria pele e deixe os animais ficar com a deles”.

Pela Semana da Moda de Berlim, que começou esta segunda-feira e se estende até quinta-feira, entre 12 feiras e cem desfiles de moda, haverá três mil marcas representadas e vão passar 200 mil visitantes, estima a organização. Neste primeiro dia, a designer britânica Charlotte Ronson apresentou as suas propostas para o Outono/Inverno 2015.

Entre os convidados de primeira fila, contam-se a modelo Bar Refaeli, as actrizes Katie Holmes e Liz Hurley, a apresentadora de televisão alemã Sylvie Meis e a modelo alemã Eva Padberg.