Uma das últimas fotografias partilhadas por Irina, a 10 de Janeiro
Uma das últimas fotografias partilhadas por Irina, a 10 de Janeiro instagram.com/irinashayk

Onde estava Irina quando Ronaldo ganhou a terceira Bola de Ouro?

A namorada do jogador internacional português faltou à cerimónia, esta segunda-feira em Zurique, Suíça.

Depois dos aplausos ao capitão da selecção portuguesa e jogador do Real Madrid, as atenções viraram-se para a companhia – ou a falta dela. Há um ano, o jogador entrou na passadeira vermelha da gala da FIFA, em Zurique, Suíça, com Irina Shayk. Este ano foi o último a entrar, sozinho.

O diário espanhol ABC escreve que a modelo russa terá preferido continuar as celebrações do seu aniversário – Irina soprou 29 velas no passado dia 6 de Janeiro – numa praia paradísiaca de um país tropical. Sinal disso são as fotos que a modelo tem partilhado no Instagram pessoal, sem nunca revelar o local onde se encontra. Já o El Mundo, avança que o casal, sempre discreto, poderá estar a passar “uma crise” no namoro, já que a última foto juntos terá sido no dia de Natal.

 

 

 

 

 

Durante o discurso de agradecimento, Ronaldo dedicou o terceiro troféu à família, em especial à mãe, Dolores Aveiro, e ao filho, Cristiano, presentes na plateia, sem nunca mencionar Irina. “O que terá feito Cristiano Ronaldo alterar o discurso? Um simples deslize ou uma prova do fim da relação de quase cinco anos?”, questiona o El Mundo.

A extravagância de Messi e outras estrelas da gala
Com Irina Shayk fora de cena, os fotógrafos viraram-se para as mulheres dos restantes candidatos ao galardão. Pilar Rubio, mulher de Sérgio Ramos; Antonella Roccuzzo, namorada de Messi; e Daniela Ospina, mulher de James Rodríguez, estiveram presentes na cerimónia e posaram à entrada do evento.

Regra geral, todos os jogadores optaram por escolhas sóbrias, discretas, sem fugir ao tradicional fato com laço ou gravata. Foi a escolha de roupa de Messi que mais deu que falar. Depois de um fato vermelho em 2014, o jogador do Barcelona voltou a escolher um modelo arrojado, em bordeaux com brilhantes, muito comentado nas redes sociais. Ao seu lado, a namorada usou um vestido comprido, com decote em V, preto – uma escolha repetida por namoradas de outros jogadores.

Cristiano Ronaldo escolheu um fato clássico, da portuguesa Sacoor Brothers, com os habituais brincos brilhantes. O filho, que se juntou ao jogador no palco, no fim do discurso, usou um blazer com laço a condizer com o pai, também da mesma marca.

Já a modelo e apresentadora espanhola Pilar Rubio levou um vestido azul escuro, com aplicações de lantejoulas, a combinar com o smoking do marido, Sergio Ramos.

Outra das figuras mais aplaudidas da noite foi a britânica Kate Abdo, de 33 anos. A jornalista de desporto da Sky News foi a responsável pela apresentação do evento. Com um vestido justo dourado e cabelo ondulado solto, Abdo destacou-se não só pela sua beleza mas também pelo profissionalismo. O espanhol Marca chama-lhe “a apresentadora dourada poliglota”, em alusão à cor do troféu, ao vestido e aos vários idiomas que a jornalista proferiu durante a cerimónia – além do inglês, Abdo falou espanhol e alemão fluentemente –, enquanto o britânico Daily Mail diz que foi ela quem “roubou o espectáculo”.