DR

Polémica

Keira Knightley protesta em topless contra Photoshop

A actriz britânica aceitou posar em topless para uma revista com uma condição: nada de retoques.

Cansada das expectativas criadas por Hollywood mas também das imagens alteradas em produções fotográficas, Keira Knightley decidiu fazer uma fotografia diferente. De pé, com umas luvas compridas de renda preta, calças da mesma cor, o cabelo solto e molhado e em topless. “Foi uma das sessões [fotográficas] em que eu disse: ‘OK, não me importo de fazer a foto em topless desde que não as tornem maiores ou façam algum retoque’. Porque é importante dizer que não importa realmente o tamanho ou a forma”, disse a actriz de 29 anos ao jornal britânico The Times sobre as fotos tiradas para a Interview Magazine de Setembro.

Não é a primeira vez que a actriz fala contra a manipulação de fotografias. Em 2004, quando o seu peito foi aumentado – “melhorado”, disseram” – para o cartaz do filme O Rei Artur, Knightley não gostou e manifestou o seu desagrado relativamente aos padrões de beleza impostos pela sociedade. “Eu não tenho mamas. Não é preciso levantar problemas por causa disso”, afirmou então.

“Já tive o meu corpo manipulado tantas vezes por tantos motivos diferentes, seja fotógrafos paparazzi ou em cartazes de filmes” desabafou agora a actriz numa entrevista ao The Times, defendendo que é importante manter as fotografias verdadeiras de maneira a combater as expectativas irrealistas sobre o corpo. “Os corpos das mulheres são campos de batalha e a fotografia é uma das culpadas”, acusou.