Madeira - Porto Santo: «Lobo Marinho» parado até Fevereiro

O navio "Lobo Marinho" faz uma pausa nas ligações entre as ilhas da Madeira: quatro semanas em doca seca para a manutenção anual regular.

O administrador da Porto Santo Line (PSL), Sérgio Gonçalves, disse à Lusa que a "doca este ano será feita no porto do Caniçal", sendo que é previsível que a mesma "tenha uma duração de sensivelmente quatro semanas". A última viagem antes desta pausa ocorreu a 6 de Janeiro.

Relativamente às alternativas para os passageiros, o responsável afirmou que a empresa "irá disponibilizar até 50 lugares [de avião] por dia e assumir, como é habitual, o diferencial de custo entre o transporte marítimo e a passagem aérea", já que esta solução "tem satisfeito a procura".
Os passageiros apenas terão de dirigir-se às instalações da PSL e adquirir a passagem.

Este ano há uma "pequena alteração" em relação à carga, pois em anos anteriores a empresa fazia uma ligação através de um navio porta-contentores uma vez por semana.

Contudo, agora, devido à manifesta falta de espaço para carga no novo avião que está a assegurar as viagens aéreas, a PSL decidiu "fretar um segundo navio porta-contentores que fará uma segunda ligação semanal".

Esta solução, disse o responsável, "dará uma resposta total às necessidades de abastecimento do Porto Santo, sendo que alguns comerciantes e empresários da ilha que estavam habituados ao abastecimento diário através do navio Lobo Martinho poderão ter dificuldades de armazenamento".

Para evitar a deterioração dos bens alimentares, a PSL vai disponibilizar gratuitamente contentores frigoríficos no porto do Porto Santo, onde os comerciantes podem acondicionar os produtos caso não tenham capacidade de armazenamento nas suas próprias instalações.