Fortunato da Câmara foi vencedor pela segunda vez nos Gourmand World Cookbooks Awards 2013
Fortunato da Câmara foi vencedor pela segunda vez nos Gourmand World Cookbooks Awards 2013

Gourmand World Cookbooks Awards 2013

Os melhores livros de culinária portugueses eleitos desde Paris

Em 1995, Édouard Cointreau, filho da família do conhecido licor Cointreau, fundou os Gourmand World Cookbook Awards. Com o objectivo de premiar aqueles que “cozinham com as palavras” e divulgar os melhores livros sobre gastronomia e vinho. A selecção nacional deste ano galardoou, entre outros, os autores Fortunato da Câmara, Joana Roque e Ágata Roquette.

Em Paris desde 2009, a gala dos Gourmand World Cookbooks Awards é para quem gosta de boa comida e bom vinho. Espaço de convívio para autores e editores de livros que se debruçam sobre a mesa, o evento honra também aqueles que melhor escrevem sobre a paixão do bem comer e bem beber. É um evento gratuito e aberto a todas as linguagens e culturas gastronómicas.

Cada país concorre com vários livros que são inscritos nas diferentes categorias. Este ano, na selecção nacional (cada um dos vencedores concorrerá depois, noutra fase, com os vencedores dos outros países dentro das mesmas categorias), o livro Os Mistérios do Abade de Priscos. E outras histórias curiosas e deliciosas da gastronomia, de Fortunato da Câmara, crítico gastronómico e colaborador regular da revista Fugas, ganhou na categoria de Best Food Literature Book. Da autora Joana Roque, o livro O Que faço hoje para jantar? conquistou o prémio na categoria de Best Easy Recipes Book e Ágata Roquette venceu na categoria de Best Health and Nutrition Book com o seu livro As Regras de Ouro da Nutricionista Ágata Roquette.

Para além destas honras, a equipa de design do livro Erva uma vez. Estórias cozinhadas com aromas, de Patrícia Vilela (da Forking Amazing) e Luís Alves (Cantinho das Aromáticas), com fotografia do fotojornalista do PÚBLICO Nelson Garrido e design de Pedro Botelho, ganhou na categoria de Best Cookbook Design. O chef Cordeiro arrecadou o título de Best Entertainment com o seu livro Domingos à Mesa, editado pelas Edições do Gosto, e Isabel Zibaia Rafael, autora do blogue Cinco Quartos de Laranja, venceu na categoria com o seu Cozinha para Dias Felizes (Marcador) na categoria Best Blogger Book.

A editora Casa das Letras conseguiu distinções para cinco dos seus livros: Ingrediente Secreto 3, de Henrique Sá Pessoa (Best Chef Cookbook), As Minhas Receitas de Bacalhau, de Vítor Sobral (Best Fish and Seafood Cookbook), Comeres de África Falados em Português, de Maria Augusta Carvalho (Best African Cuisine Book), Momentos Doces, de Mafalda Matias (Best Pastry Sweets Cookbook), Da Horta para a Mesa, de Cláudia S. Villax (Best Vegetarian Book). 

O autor Fortunato da Câmara, que já tinha sido galardoado por esta entidade em 2011 na categoria Best Culinary History, revelou ao Life&Style: “Fiquei surpreendido com este prémio, mas também sei que não há muitos livros dentro da área sobre a qual escrevo”. E deixou a porta entreaberta para o seu próximo projecto considera que “irá ter um grande impacto" por conter "revelações sobre um tema envolto em mistério há cerca de 100 anos”. 

Estes livros foram automaticamente apurados para o Gourmand Best in the World, cujos resultados serão anunciados em Maio de 2014. Depois de premiar os melhores da área em Portugal, o Gourmand Best in the World irá premiar internacionalmente os melhores livros do mundo dentro de todas as categorias. Portugal já venceu um Prémio World Gourmand  em 2009, com o livro Uma cozinha no Douro, de Celeste Pereira e Rui Paula, editado pela QuidNovi. Para Fortunato da Câmara as expectativas para Maio próximo "são reduzidas mas já é bom estar seleccionado”.