A cor Really Red
A cor Really Red

Essie Weingarten

Vernizes Essie chegam a Portugal

Pouco haverá de novo a dizer sobre looks tão célebres quanto o vestido de carne de Lady Gaga ou o de casamento de Kate Middleton... A não ser, que verniz usaram. Essie, diz-lhe alguma coisa? Provavelmente não. Mais de 30 anos depois do seu lançamento, a marca norte-americana chega a Portugal com vontade de tomar o mercado.

Em 1981, Essie Weingarten foi a Las Vegas com uma dúzia de frascos de verniz de unhas e a enorme confiança que depositava neles. “Duas coisas mágicas aconteceram: as bailarinas adoraram-nos e os salões tiraram-mos das mãos”, explica. Mais de 30 anos depois, a fundadora e presidente de uma das marcas de cosméticos de maior sucesso nos EUA continua a querer mostrar ao mundo os seus vernizes. Essie Weingarten esteve em Lisboa para apresentar os vernizes que, sob o selo do grupo L’Oreal, estão a ganhar terreno na Europa.

O catálogo inicial, composto por 12 cores, cresceu para uma incrível variedade de 150. “Isto permite que as mulheres explorem infinitas possibilidades de cor, expressem os seus estados de espírito e o seu estilo”, explica Essie Weingarten que criou e baptizou cada um dos seus “babys”, como a própria refere, antes de dizer que se tratou de “um parto sem problemas”.

Nascida e criada em Nova Iorque, Essie Weingarten tem tudo a ver com a Big Apple, a começar pelo sotaque até um discurso envolvente e directo ao mesmo tempo. Um certo swag? Sabe fazer com que as pessoas se sintam próximas dela e essa é uma das suas maiores armas.

O nome de cada um dos vernizes dá-lhes uma personalidade fazendo com que, mais do que escolher a cor das unhas, uma cliente esteja na verdade a fazer um desejo, a expressar um sentimento ou a marcar uma ocasião. Fishnet Stockings, Sweet Talker ou Scarlett O’Hara são algumas das opções do catálogo Essie que revelam a mensagem subjacente à marca: uma manicure é muito mais do que arranjar e pintar as unhas, “é uma experiência fantástica!”, defende a presidente da marca.

Para quem esteja neste momento a fazer uma cara de desdém, isto é o que Essie Weingarten tem a dizer: “As mulheres associam cada cor a um passo importante das suas vidas. Elas sabem qual era a cor que utilizaram no baile de finalistas, na sua licenciatura ou no seu casamento”.

Para além dos testemunhos de clientes anónimas, a marca tem várias clientes famosas em carteira. Catherine Middleton usou Allure no dia em que se tornou na duquesa de Cambridge e Lady Gaga tinha um ténue roxo acinzentado, Merino Cool, quando levou um vestido de carne aos MTV Video Music Awards, em 2010.

E porque “pintar as unhas sem as tratar é como usar maquilhagem sem antes limpar, tonificar e hidratar”, a marca oferece também vários produtos de tratamento e acessórios. Destaque para as quatro bases diferentes que a manicure adequará às necessidades das clientes e os quatro finalizantes que, segundo Essie Weingarten, também fazem sucesso entre os clientes masculinos, nas suas versões opacas. E como é costume, ela tem casos famosos para o confirmar. Neste caso, Seal e Lenny Kravitz. 

Desde que a marca foi comprada pela L’Oreal, em 2010, que a presidente e fundadora da marca se dedica sobretudo à direcção criativa e à tarefa de alimentar um lançamento novo a cada dois meses. Preocupada com as tendências da moda, a Essie tem quatro colecções sazonais, duas colecções exclusivas para profissionais (casamento e resort) e ainda algumas edições limitadas. O que se mantém constante desde 1981 é o pincél, mais fino na linha profissional, onde há tempo e técnica para ir até ao pormenor, e mais largo na gama para usar em casa.

Em Portugal, os produtos Essie estão disponíveis no El Corte Inglés e nos salões que representam a marca. Os preços começam nos €10,99.