• Desde que foi lançada a linha Pleats Please, em 1993, é impossível falar de pregas sem referir o nome de Issey Miyake.
    Desde que foi lançada a linha Pleats Please, em 1993, é impossível falar de pregas sem referir o nome de Issey Miyake. Francis Giacobetti
  • O criador japonês começou a estudar diferentes métodos de pregueado nos anos 1980.
    O criador japonês começou a estudar diferentes métodos de pregueado nos anos 1980. Francis Giacobetti
  • As suas criações primam pelas linhas simples e cores fortes.
    As suas criações primam pelas linhas simples e cores fortes. Yasuaki Yoshinaga
  • O tecido é prensado entre duas folhas de papel, que são rasgadas no final do processo.
    O tecido é prensado entre duas folhas de papel, que são rasgadas no final do processo. Kazumi Kurigami
  • Uma das peças da Guest Artist Series para a linha Pleats Please.
    Uma das peças da Guest Artist Series para a linha Pleats Please. Yasumasa Morimura
  • Campanha da linha Pleats Please em 2008.
    Campanha da linha Pleats Please em 2008. Yasuaki Yoshinaga
  • As roupas da linha Pleats Please são leves, não engelham e ocupam pouco espaço numa mala. Imagem utilizada em 1994 na revista Axis para um artigo sobre viagens.
    As roupas da linha Pleats Please são leves, não engelham e ocupam pouco espaço numa mala. Imagem utilizada em 1994 na revista Axis para um artigo sobre viagens. Tetsuo Yuasa
  • Um dos tratamentos aplicados ao tecido é conhecido por keshi.
    Um dos tratamentos aplicados ao tecido é conhecido por keshi. Hiroshi Iwasaki
  • Fotografia do final do desfile da colecção de Issey Miyake para a Primavera/Verão de 1994.
    Fotografia do final do desfile da colecção de Issey Miyake para a Primavera/Verão de 1994. Philippe Brazil
  • Os pregueados de Miyake viajaram até à Índia.
    Os pregueados de Miyake viajaram até à Índia. Yuriko Takagi
  • O estilo Pleats Please é usado por diferentes gerações na Índia.
    O estilo Pleats Please é usado por diferentes gerações na Índia. Yuriko Takagi
  • Capa do livro publicado pela Taschen.
    Capa do livro publicado pela Taschen.

Livro

Miyake: uma revolução entre pregas

Depois de passar mais de uma década a experimentar pregas, em 1993, Issey Miyake lançou uma nova técnica de pregueado que originou a linha Pleats Please e mudou as regras deste tipo de trabalho no tecido para sempre. Dezanove anos depois, a Taschen publica um livro em que cada página desvenda a história das icónicas pregas de Miyake.

Cortar, costurar e só depois prensar para fazer pregas. Pode parecer simples, mas guardar a prensagem e o pregueado para a parte final do processo é o segredo que torna as peças de Issey Miyake tão especiais. Trabalhar o tecido – sempre polyester de elevada qualidade - antes de este ter pregas permite a criação de texturas variadas e formas quase arquitectónicas em peças que vão dos vestidos aos casacos, passando pelas saias, blusas ou calças.  

Este processo industrial mantém-se em todas as colecções Pleats Please. Pelas mãos de Miyake, homens e mulheres têm oportunidade de vestir linhas simples, cores básicas e padrões sazonais, mas sempre com o toque distintivo do seu pregueado. Graças a ele, todas peças primam pela funcionalidade: não precisam de ser passadas a ferro, podem ir à máquina de lavar e secam em poucas horas.

A história desta revolucionária linha é agora contada pela primeira vez num livro exclusivamente dedicado a ela - Pleats Please surge à beira do vigésimo aniversário da técnica. O conceito imaginado por Miyake é desenvolvido com a ajuda de diversos textos e imagens, desde a origem até a comercialização das peças. O reservado mestre das pregas abre as portas do seu estúdio e revela todos os passos necessários para atingir o pregueado perfeito.

O livro, editado por Midori Kitamura, presidente do Miyake Design Studio, está a venda no site da Taschen por €29,90, numa edição multilingue em italiano, português e espanhol.