REUTERS/Regis Duvignau

Os fãs vão gostar de Cosmopolis, diz ele

Ele não tem dúvidas — os que se habituaram a segui-lo na saga Crepúsculo (sobretudo “as” que se habituaram a segui-lo, admitamos) vão gostar do novo filme de David Cronenberg, de que é o protagonista. Robert Pattinson, o actor que se celebrizou na adaptação ao cinema dos romances de Stephenie Meyer, acredita que o seu público compreende que ele não pode fazer de vampiro para sempre.

A poucos dias de estrear Cosmopolis no Reino Unido, filme que perdeu para Amour a palma de ouro do Festival de Cannes deste ano, Pattinson disse à BBC News: “A maioria das pessoas quer que façamos coisas diferentes.” O actor, que veste agora a pele de um milionário de Wall Street, parece ter gostado muito de trabalhar com Cronenberg e com o resto do elenco na adaptação do romance homónimo de Don DeLillo. “É bom poder fazer um filme onde há pelo menos uma cena que sabemos que nunca mais vai ser repetida”, disse o actor de 26 anos. Cronenberg é mesmo assim.