Catering Origem

Bodas, baptizados e coffee breaks biológicos

A alimentação 100% biológica é o cartão de visita da marca Origem. Depois das cafetarias e do restaurante, o conceito estende-se ao catering, o primeiro do género no país.

Os supermercados Brio acolheram os primeiros passos da Origem, entretanto a marca evoluiu e teve oportunidade de se autonomizar com um restaurante no Espaço Amoreiras. Daí a criar os serviços de take away e catering foi só mais um passo. “Com toda a maquinaria da cozinha disponível, bastou pensar em grande”, revela Luz Pinto Basto, directora-executiva da Origem.

No catering biológico as empresas são as primeiras a aderir a este tipo de ementas. Aproveitam momentos como os coffee breaks para “oferecer algo diferente e afirmar a sua preocupação com a sustentabilidade”, afirma a directora da Origem. Assim preferem servir alimentos sem adição de químicos e amigos tanto do ambiente como dos pequenos produtores.

Entre sopas, saladas, crepes, sumos e sanduíches, o que interessa à Origem é ser biológico, uma opção que Luz Pinto Basto defende como sendo diferente e onde “as coisas têm um sabor mais natural e melhor.”

Em Portugal, a agricultura biológica tem vindo a ganhar terreno desde os anos de 1980, contudo, a directora da Origem acredita que ainda é preciso desmistificar o conceito: “Não vendemos comida dietética nem vegetariana, mas sim biológica.”

Os princípios da agricultura biológica implicam o respeito pelos tempos de desenvolvimento de animais e plantas sem recorrer a aditivos. O objectivo é preservar o sabor natural dos alimentos, ao mesmo tempo que se procura a reabilitação dos meios rurais.