• Uma mulher levanta um cartaz de apoio aos noivos por entre a multidão que esperava fora do palácio de Las Dueñas, onde se realizou o casamento entre a Duquesa de Alba, Cayetana Fitz-James Stuart y Silva, e Alfonso Díez

    Uma mulher levanta um cartaz de apoio aos noivos por entre a multidão que esperava fora do palácio de Las Dueñas, onde se realizou o casamento entre a Duquesa de Alba, Cayetana Fitz-James Stuart y Silva, e Alfonso Díez

    Reuters/Marcelo Del Pozo
  • A multidão de anónimos e de jornalistas que esperava fora do palácio de Las Dueñas, em Sevilha, por uma oportunidade de ver os noivos

    A multidão de anónimos e de jornalistas que esperava fora do palácio de Las Dueñas, em Sevilha, por uma oportunidade de ver os noivos

    Reuters/Marcelo Del Pozo
  • O toureiro espanhol Cayetano Rivera atira um beijo à multidão ao chegar ao palácio de Las Dueñas com a namorana 
    O toureiro espanhol Cayetano Rivera atira um beijo à multidão ao chegar ao palácio de Las Dueñas com a namorana  Reuters/Marcelo Del Pozo
  • A chegada do toureiro Curro Romero
    A chegada do toureiro Curro Romero Reuters/Marcelo Del Pozo
  • A chegada de Carmen Tello, esposa do toureiro espanhol Curro Romero e a madrinha do casamento
    A chegada de Carmen Tello, esposa do toureiro espanhol Curro Romero e a madrinha do casamento Reuters/Javier Diaz
  • O noivo, Alfonso Díez, chega acompanhado pela madrinha de casamento, Carmen Tello, ao palácio Las Dueñas, em Sevilha, onde foi a cerimónia
    O noivo, Alfonso Díez, chega acompanhado pela madrinha de casamento, Carmen Tello, ao palácio Las Dueñas, em Sevilha, onde foi a cerimónia Reuters/Julio Munoz
  • A troca de alianças

    A troca de alianças

    Reuters/Jose Manuel Vidal
  • O beijo que sela o compromisso
    O beijo que sela o compromisso Reuters/Jose Manuel Vidal
  • E a assinatura que o torna oficial

    E a assinatura que o torna oficial

    Reuters/Jose Manuel Vidal
  • Já casados, os duques de Alba abandonam o altar

    Já casados, os duques de Alba abandonam o altar

    Reuters/Julio Munoz
  • A duquesa de Alba dança flamenco com o filho, Cayetano Martinez de Irujo, depois da cerimónia
    A duquesa de Alba dança flamenco com o filho, Cayetano Martinez de Irujo, depois da cerimónia Reuters/Julio Munoz
  • Os recém-casados encaminham-se para a entrada do palácio para saudar a multidão
    Os recém-casados encaminham-se para a entrada do palácio para saudar a multidão Reuters/Javier Diaz
  • Muitos jornalistas e fotógrafos aguardavam fora do palácio de Las Dueñas 

    Muitos jornalistas e fotógrafos aguardavam fora do palácio de Las Dueñas 

    Reuters/Marcelo Del Pozo
  • A duquesa de Alba a exibir os dotes de flamenco no auge dos seus 85 anos

    A duquesa de Alba a exibir os dotes de flamenco no auge dos seus 85 anos

    Reuters/ Julio Munoz
  • Finalmente, um momento de tranquilidade já enquanto marido e mulher
    Finalmente, um momento de tranquilidade já enquanto marido e mulher Reuters/Jose Manuel Vidal

A duquesa de Alba casou - pela terceira vez- aos 85 anos

Aos 85 anos, Cayetana Fitz-James Stuart, a duquesa de Alba, a mulher com mais títulos nobiliárquicos do mundo, casou pela terceira vez. O felizardo é Afonso Díez Carabantes, de 60 anos, que por não ter ascendência nobre, gerou polémica em torno das suas motivações.

Quando se casou pela primeira vez, tinha 21 anos e as fotos da época mostram-lhe um sorriso juvenil e inocente. Quando se casou pela terceira vez, hoje, no palácio de Las Dueñas,, em Sevilha, dançou um pouco de flamenco e também sorriu, um sorriso sincero, certamente, mas menos juvenil.

Caetana Fitz-James Stuart, duquesa de Alba, 85 anos, uma terratenente como só o topo da aristocracia de uma monarquia o pode ser, concretizou os seus desejos. Vivia há três anos com o plebeu Alfonso Diez, 60 anos, funcionário da Segurança Social, e venceu finalmente a oposição familiar.  

Contra a vontade da família e de outros membros da realeza espanhola, fez as delícias da imprensa cor-de-rosa ao levar adiante o casamento. A duquesa de Alba, uma das mulheres espanholas mais famosas e fotografadas do mundo, fez de Alfonso duque numa cerimónia discreta, com apenas duas dezenas de pessoas a assistir in loco (mas milhões pela TV).