Um vislumbre do arquivo histórico
Um vislumbre do arquivo histórico Alessio Cocchi

Gucci inaugura museu em Florença

Foi no dia 28 de Setembro que a Gucci comemorou 90 anos de existência com a abertura do Museu Gucci onde é feito um tributo ao arquivo histórico e ao património criativo da casa que foi inaugurada em 1921, em Florença, por Guccio Gucci.

Situado no histórico Palazzo della Mercanzia, em Florença, o Museu Gucci foi concebido pela directora criativa da marca italiana, Frida Giannini. Para além de uma exposição permanente do arquivo que foi preservado e ampliado durante anos, o Museu Gucci é um espaço que abarca uma loja, uma livraria, uma cafetaria e uma loja de souvenirs.

Frida Giannini reforça o quão significativo foi inaugurar a obra nesta data: “A Gucci faz 90 anos, percebi que era a altura ideal para inaugurar o nosso espaço, onde tesouros escondidos seriam desvendados, pela primeira vez, ao público”.

A directora criativa chamou a atenção para o facto aqui estarem guardados “os momentos mais importantes da história da marca, fornecendo relatos da sua origem, evolução e influência cultural”.

Já o presidente da Gucci, Patrizio di Marco destacou a dinâmica e tradição representados no museu, salientando que o sucesso da marca italiana se deve “à tradição, aptidão e inovação dos nossos artesãos locais, que representam orgulhosamente os valores da etiqueta Made in Italy”.

Patricio di Marco, aproveitou a ocasião para exprimir o seu agradecimento à cidade que recebeu o museu "pelo seu entusiasmo e apoio, quando nos permitiu fazer o museu num edifício histórico tão importante, situado no coração de Florença."

O Palazzo della Mercanzia, edifício que cedeu lugar ao Museu Gucci, foi construído no século XIV sendo um símbolo que dignifica a arte e o artesanato de Florença. Com cerca de dois mil metros quadrados distribuídos por três andares, o museu comporta ainda um piso térreo onde é exibida a exposição pública e na cave privada encontra-se o Arquivo Gucci do qual fazem parte uma colecção de pronto-a-vestir, acessórios, documentos e fotografias.

Nesse mesmo piso térreo os visitantes podem desfrutar do Caffé Gucci, ou espreitar a livraria que está mesmo ao lado na qual estarão publicações para entusiastas de arte, moda, fotografia e arquitectura através de uma selecção com curadoria de obras contemporâneas e vintage.

A inauguração do espaço museológico foi feita durante a Semana de Moda de Milão. A entrada custa 6 euros por pessoa e a agenda completa de exposições está disponível no site:

http://www.gucci.com/us/worldofgucci/mosaic/think_forever/gucci_museo