DR

Maternidade

Capas de amamentação para facilitar a vida a recém-mamãs

Amamentar em público acarreta desconforto e cuidados especiais: foi disto que Raquel Rodrigues se apercebeu ao ser mãe, há 16 meses. A experiência da maternidade aliada a um historial familiar ligado à costura, abriu uma janela de oportunidade para Raquel, que criou um negócio de capas de amamentação.

Raquel Rodrigues amamentou durante sete meses, período durante o qual teve de lidar diariamente com questões a que não estava habituada, entre elas a escolha da roupa adequada, de locais que permitam a amamentação de forma discreta, idas ao médico e jantares fora de casa.

O desconforto e o interesse por “trabalhos handmade” fizeram-na pesquisar sobre o assunto e criar “uma peça must have para todas as mães que optam pela amamentação natural dos seus bebés e que ao mesmo tempo não querem perder o seu estilo de vida activo”.

“Inspirei-me na cultura muçulmana, onde vive uma amiga recém-mamã e teve de arranjar uma capa semelhante para poder amamentar fora de casa”, conta. O seu objectivo foi tornar possível a alimentação do bebé em público sem uma excessiva exposição do corpo.

A principal diferença entre estas capas de amamentação e as típicas fraldas de bebé é “a comodidade”, frisa Raquel Rodrigues, acrescentando que “ao serem colocadas como um avental e ao cobrirem toda a parte superior, permitem que a mãe não exponha o corpo na hora de amamentação e que maneje o bebé, por exemplo de um peito para o outro, de forma discreta e confortável”.

As capas de amamentação da Baby Time, nome que deu à marca, são produzidas em casa, no seu atelier, e apesar do projecto ser muito recente, “tem tido bastante aceitação por parte das gestantes que estão a preparar o enxoval dos bebés e sobretudo de recém-mamãs”.

São fabricadas em tecido de algodão, possuem uma gola rígida que serve para ventilação e têm duas bolsas atoalhadas no interior. As capas Baby Time demoram entre um a três dias a confeccionar, custam 18 euros e estão disponíveis na página de facebook.

Texto editado por Bárbara Wong