• Vidal Sassoon rodeado por modelos com os seus cortes de cabelos nos anos de 1960
    Vidal Sassoon rodeado por modelos com os seus cortes de cabelos nos anos de 1960 Vidal Sassoon
  • A directora criativa da Vogue britânica, Grace Coddington, estreou o então inovador corte de cabelo '5-point cut' de Vidal Sasson em 1963, que veio a tornar-se um dos looks mais icónicos do criador
    A directora criativa da Vogue britânica, Grace Coddington, estreou o então inovador corte de cabelo '5-point cut' de Vidal Sasson em 1963, que veio a tornar-se um dos looks mais icónicos do criador Vidal Sassoon
  • Um frame de Vidal Sassoon: The Movie, de 2010
    Um frame de Vidal Sassoon: The Movie, de 2010
  • Dois célebres cortes eternizados em Vidal Sassoon: The Movie, de 2010
    Dois célebres cortes eternizados em Vidal Sassoon: The Movie, de 2010
  • Duas modelos chinesas exibem cortes criados por Vidal Sassoon aquando da sua visita à China para promover os seus produtos para o cabelo, em 1997 
    Duas modelos chinesas exibem cortes criados por Vidal Sassoon aquando da sua visita à China para promover os seus produtos para o cabelo, em 1997  Reuters/Str Old
  • Dois looks de Minimum, a colecção Vidal Sassoon Outono/Inverno 2011-12
    Dois looks de Minimum, a colecção Vidal Sassoon Outono/Inverno 2011-12 Vidal Sassoon
  • O look em destaque na colecção da Vidal Sassoon para esta Primavera-Verão, Athetica, é uma variação do célebre corte de cabelo Bob dos anos de 1960
    O look em destaque na colecção da Vidal Sassoon para esta Primavera-Verão, Athetica, é uma variação do célebre corte de cabelo Bob dos anos de 1960 Vidal Sassoon

Vidal Sassoon 1928-2012

Maria Luísa passou pela tesoura de Vidal Sassoon

Em 1974, depois de 30 anos a cortar cabelos, Vidal Sassoon parou “por uma boa razão”, revelou o próprio ao Público, durante uma visita a Lisboa. “Senti que já tinha dado toda a energia que podia a esta actividade.” Porém, antes de pousar a tesoura, foram muitas as clientes a passar pelas suas mãos. Maria Luísa Avelar dos Santos foi uma destas privilegiadas. No dia seguinte à morte de Vidal Sassoon, Maria Luísa foi ao cabeleireiro e partilha com o Life&Style a experiência de passar pelas mãos do mestre.

Quando Maria Luísa Avelar Santos atende o telefonema, está no cabeleireiro. O hábito de andar bem arranjada já é antigo e nunca foi descurado. Maria Luísa era hospedeira de bordo e andava na casa dos vinte quando cortava o cabelo com o mestre Vidal Sassoon. Chegou a sentar-se nos conceituados salões de Londres e Nova Iorque e, hoje, com 68 anos, tem boas recordações desse tempo.

“O Vidal era uma pessoa extremamente simpática e, sobretudo, profissional”, conta Maria Luísa ao Life&Style. “Ele tinha um dom. Era um artista. Olhava para a cara da pessoa e decidia que corte fazer. E eu não me importava, porque ficava sempre bem”. Até porque como o próprio estabeleceu como mote para a Vidal Sassoon, a partir da campanha publicitária que a marca lançou nos anos de 1980: "If you don't look good, we don't look good". 

"Cortava o cabelo curto, um bocadinho escadeado, como se usava então", recorda Maria Luísa. No final dos anos de 1960, reinava o cabelo muito curto na nuca, que crescia para a face ou seguia linhas muito geométricas, como no box bob, looks que Vidal Sassoon imortalizou. Também lhe é reconhecida a autoria do icónico wedge bob, um corte de cabelo assimétrico muito moderno para a época e até para os dias de hoje. Assimetria é, na verdade, a melhor palavra para descrever o seu trabalho.

Diz-se que Vidal Sassoon foi o responsável por libertar as mulheres da tirania dos penteados complicados, uma moda que permaneceu até finais dos anos 1950. Revolucionário, foi lhe atribuído o título de “o artista que mudou o mundo com uma tesoura”. Os produtos para o cabelo que criou com o seu nome marcaram os anos de 1990, no entanto, deixaram de ser vendidos em Portugal há cerca de dez anos. Em 2011, também a linha profissional deixou de existir em território nacional. Ainda assim, o seu legado não será esquecido e perpetua-se através das várias academias Vidal Sassoon espalhadas pelo mundo.